segunda-feira, 24 de abril de 2017

CIXI A IMPERATRIZ DE FERRO TSEU-HI

 
Fala Galera...As Feministas Modernas Tinham O Dever De Saber Quem era Tseu-Hi ou Cixi a Imperatriz Viúva. Embora A Própria China Tente Esconder Sua Importância na Historia, O Reinado De Tseu-Hi Transformou a China Para Sempre, E se Hoje Eles São Super Potentes e Influentes é Graças A Ela. Muitas representações contemporâneas de Cixi a representam como Uma Reacionária brutal ou Ninfomaníaca sádica. É fato que por ciúmes, Ela atirou a concubina favorita do filho em um poço. Por outro lado, nenhum outro monarca chinês se preocupava como ela no combate a fome e na introdução de técnicas modernas para melhoria da qualidade de vida. A Imperatriz Viúva Cixi Tomou o poder e transformou a China medieval em um país moderno. Algo inimaginável dentro de um país com um conservadorismo milenar em relação ao papel secundário reservado às mulheres. Ela aboliu práticas cruéis como a deformação dos pés das mulheres Han e da morte pelos mil cortes. Muito menos enfrentou os enormes desafios como ela. Não há dúvidas, que a Era de Cixi foi um período extraordinário na China. Imperatriz Viúva Tseu-Hi,Nascida Em 29 de novembro de 1835 Na Cidade Proibida, Em Pequim. Também conhecida como Imperatriz Cixi ou Imperatriz, foi uma poderosa e carismática mulher que de fato, embora não oficialmente, governou a China da Dinastia Qing durante 47 anos, de 1861 até à sua morte em 15 de novembro de 1908. Ela era uma das concubinas de status inferior do Imperador Xianfeng quando, em 1856, deu à Luz aquele que viria a ser seu único filho, Imperador Tongzhi. Quando o garoto tinha seis anos de idade o pai morreu e ele tornou-se Imperador, mas poucos meses depois um golpe de estado levou Cixi a assumir o poder de fato. Seu governo a princípio tentou combater a corrupção endêmica no país, mas foi marcado pela ocorrência de grandes levantes populares, que devastaram províncias tanto do norte como do sul e foram sufocados com grande brutalidade.
Tseu-Hi Foi o último governante imperial verdadeiro. Apesar de não ter um mandato formal por ser uma mulher, ela eliminou os regentes indicados pelo marido e deu um golpe de Estado e enfrentou revoltas populares, guerras contra potências imperialistas estrangeiras e grupos conservadores que desejavam impedir a modernização da China. Até o fim da sua vida, ela garantiu a sobrevivência da dinastia Manchu e indicou seu sucessor, Pu Yi que foi coroado aos dois anos de idade e que seria o último imperador. Seu Maior Empecilho Foi a Ajuda Ao Levante dos Boxers De 1900 a 1901. Ele Teve estímulo oficial da Imperatriz e de funcionários do governo, em apoio a uma sociedade secreta de praticantes de artes marciais, que lutavam para expulsar todos os estrangeiros do território chinês. O incidente culminou com a intervenção de uma força militar internacional que ocupou e saqueou Pequim, provocando enorme quantidade de baixas entre a população. Estima-se que cerca de 12.000.000 de pessoas foram mortas durante sua dinastia. A imperatriz Viúva controlou a China com mão de ferro durante seus quase meio século de governo. Abafou a rebelião popular Taiping que assolava o interior do país por mais de uma década e matou mais de 20 milhões de pessoas. As derrotas humilhantes que os ingleses impuseram à China durante a Guerra do Ópio com o imperador anterior, demonstraram para Cixi a necessidade de modernizar o país que era considerado um dos mais fechados e xenófobos do mundo.
Ela Trouxe ao país inovações como as primeiras linhas férreas, envio de embaixadores, telégrafo, eletricidade, ruas pavimentadas, rede de esgoto e até mesmo uma bandeira nacional. Equipou o exército e marinha chinesa com tecnologia modernas. Entretanto, essas ações não impediram ataques e guerras contra potências imperialistas como a Inglaterra, Estados Unidos, França, Alemanha, Império Austro-húngaro, Itália, Japão e Rússia, desejosas em aumentar sua influência no oriente e ter acesso aos recursos naturais e o inexplorado mercado consumidor chinês. A contragosto, ela patrocinou a Revolta dos Boxers para tentar conter a influência estrangeira. O levante foi um movimento popular antiocidental e anticristão na China, que causou massacres de cristãos e estrangeiros que acirrou mais os ânimos das potências estrangeiras para uma intervenção no país. Para derrotar a China, foi composta a Aliança dos Oito com 20 mil soldados russos, americanos, britânicos, franceses, japoneses, alemães, do Império Austro-húngaro e italiano que foi enviada para ocupar a sede imperial em Pequim. Com a queda da cidade em 14 de agosto de 1900, as forças estrangeiras impuseram pesadas indenizações em dinheiro, além de maiores direitos sobre a China. Cixi salvou a dinastia aceitando a liquidação das sociedades secretas de onde se originaram os Boxers,e o pagamento de uma indenização de guerra. Depois dessa brutal intervenção militar, o orgulhoso e fechado Império Celestial definitivamente tornou-se a "colônia de todas as metrópoles".
Enfim Galera...Tseu-Hi ou Cixi Foi Uma Mulher Única, De concubina a imperatriz do maior reino do oriente. Ofertada aos 16 anos como concubina de segunda classe para o imperador, Cixi era filha de servidores públicos Manchu em um país que adotava práticas milenares que pregavam a separação das mulheres na vida social e na política. O salto na sua carreira ocorreu quando ela teve o único filho homem antes do imperador morrer em 1861. Por ser mulher, não podia ir a Cidade Proibida, mas conseguiu articular um golpe de Estado e eliminou todos os seus adversários seja através de subornos e títulos, seja através de métodos violentos.A China Não Seria Tão Poderosa Hoje,Se Não Fosse Por Ela.Vlw Galera Ate.

quinta-feira, 13 de abril de 2017

G-DRAGON KPOP BRASIL KWON JI-YONG

 
Fala Galera...O Cantor G-Dragon Vem Mostrando Que Não é só mais um Rostinho Bonito no Kpop. Ele é Cantor, rapper, compositor, produtor musical, modelo, e designer. E em Pouco Tempo Ele Ganhou uma Legião fiel de Fãs no Mundo Todo. A música de G-Dragon é baseada em elementos Hip-Hop. Sendo inspirado pela música e Wu-Tang Clan, ele participou do álbum Hip Hop Flex de 2001 quando tinha 12 anos. Em seus 6 anos de trainee ele treinou o gênero hip-hop. G-Dragon Também é muito conhecido pela sua moda, Ele foi nomeado como "Style Icon" de 2008. Sua contribuição para seu próprio trabalho também foi contemplada com o prêmio de um dos melhores compositores de 2008. Adicionalmente ele ganhou o prêmio de Homem mais influente de 2008 promovido pela Arena, pelo seu estyle. Em 2012, G-Dragon construiu uma pousada como um presente para a sua família. Os fãs também podem se hospedar no local, que é administrado como um negócio por seus pais. Em 20 de outubro de 2015, G-Dragon abriu oficialmente o seu primeiro Cafe, de nome "Monsant Cafe", localizado na ilha de Jeju. A banda indie sul-coreana Hyukoh foi o primeiro artista a se apresentar no local em setembro de 2015. Em 2016, fundou sua própria marca de moda chamada peaceminusone, e abriu uma loja online. Kwon Ji-yong Nascido em 18 de Agosto de 1988, mais conhecido pelo seu nome artístico G-Dragon é um rapper, cantor, compositor, produtor musical, ícone da moda. Após seis anos como trainee da gravadora, G-Dragon estreou oficialmente como o líder do grupo BIGBANG em 2006, se envolvendo na composição e produção de diversas canções do grupo como "Lies", "Last Farewell" e "Day by Day".
Seu primeiro álbum como cantor solo, "Heartbreaker", foi lançado em 2009, produzindo um single de mesmo nome que alcançou a posição de número um. O álbum se tornou um dos mais bem sucedidos do ano, acumulando vendas de mais de 200.000 cópias e ganhando o Mnet Asian Music Awards de Álbum do Ano. Em 2010, juntamente de seu companheiro de grupo T.O.P, formou o sub-grupo GD&TOP, que incluiu o lançamento de um álbum de mesmo nome, trazendo 3 singles: "High High", "Oh Yeah" e "Knock Out". Em 2012, G-Dragon lançou seu primeiro EP, "One of a Kind", que venceu o prêmio de "Gravação do Ano" no Seoul Music Awards. O EP também trouxe os singles "One of a Kind", "Crayon" e "That XX". Em 2013, ele lançou seu segundo álbum de estúdio, intitulado "Coup D'Etat", que venceu o prêmio de "Melhor Álbum do Mundo" do World Music Awards de 2014. G-Dragon tornou-se o segundo membro do BIGBANG a fazer uma estreia solo no Japão, que ocorreu depois da turnê solo de seu colega de grupo Daesung. Ele realizou sua segunda turnê mundial como artista solo, que incluiu apresentações em quatro domes do Japão. Nascido e criado em Seul, Coreia do Sul, Kwon Ji-yong começou sua carreira com oito anos de idade, fazendo parte do grupo chamado "Little Roo'Ra". Depois de lançar um álbum de Natal, o contrato do grupo foi cancelado pela gravadora, o que Kwon descreveu como "chocante." Apesar de ter jurado para sua mãe que ele "não se tornaria um cantor novamente", Kwon foi descoberto pela SM Entertainment quando estava em uma viagem de ski com sua família. Ele foi estagiário da gravadora por cinco anos (dos 8 aos 13 anos de idade) com especialização em dança, antes de deixar-la pois estava incerto sobre o que queria fazer.
Na terceira série, Ji-yong foi apresentado ao grupo de rap americano Wu-Tang Clan por um amigo. Inspirado por sua música, ele desenvolveu um interesse em rap e começou a ter aulas. Através do grupo "People Crew" e sua tutela, ele participou do lançamento do álbum coreano de Hip-Hop "Flex" em 2001, tornando-se o rapper sul-coreano mais jovem aos 13 anos de idade. Embora Ji-yong escrevesse suas próprias letras para suas músicas, ele admitiu que seu "Inglês era ruim e as histórias por trás das letras eram apenas mais um típico: ‘Sou jovem, mas sou o melhor’". Kwon Ji-yong despertou o interesse de Sean da dupla de hip-hop Jinusean da YG Entertainment, que mais tarde recomendou-o ao CEO Yang Hyun-suk. Depois de assinar um contrato com a gravadora, ele passou o primeiro ano na limpeza do estúdio para os outros artistas da gravadora e buscando garrafas de água para eles durante a prática de dança. Ele e outro estagiário Dong Young-bae, eram inicialmente previstos para estrearem como a dupla de hip-hop "GDYB", tendo Ji-yong escolhendo o nome artístico de G-Dragon ("Ji" é pronunciado como "G", e Yong é o coreano de Drago). Após seis anos em treinamento, Kwon fez várias aparições de destaque em álbuns de outros artistas e até mesmo lançou vários singles com Dong Young-bae, sob o nome de "GDYB". Sob o nome de G-Dragon, fez sua estréia oficial como líder do grupo BIGBANG em 2006, juntamente com Dong Young-bae (que escolheu o nome artístico Taeyang) e outros três membros (T.O.P, Daesung e Seungri).
A formação do grupo foi documentada na televisão, e embora houvesse inicialmente seis membros, Jang Hyun-seung foi descartado antes da estreia oficial. O primeiro álbum do grupo, "BIGBANG Vol.1-Since 2007" foi um sucesso,e incluiu a primeira música solo de G-Dragon, "This Love", um cover do grupo de rock americano Maroon 5. Seguindo o lançamento do mini-álbum "Always" em 2007, G-Dragon começou a se envolver mais com a produção dos álbuns do grupo. "Always" possui várias músicas compostas por ele, incluindo o single principal "Lies", que se tornou o primeiro hit número um do grupo. Os próximos mini-álbuns seguiram os passos do antecessor: "Hot Issue" trouxe o single "Last Farewell", enquanto "Stand Up" gerou "Day By Day" ambos os singles compostos por ele alcançaram o topo dos charts. Além do BIGBANG, G-Dragon também fez várias performances solo. Depois de ajudar a produzir o mini-álbum de estreia de Taeyang, ele gravou sua própria versão do single principal do álbum, "Only Look At Me" (em coreano: 나만바라봐; "Naman Barabwa"), intitulado como "Only Look At Me Part 2". O single foi lançado digitalmente. Junto com Taeyang e T.O.P, G-Dragon participou da faixa "Super Fly" de Lexy, para seu álbum Rush. Em maio de 2009, ele colaborou com a boy band japonesa W-inds, para seu single "Rain is Falling/Hybrid Dream".
Depois de Taeyang ter feito seu debut solo, G-Dragon lançou seu primeiro álbum solo, chamado de "Heartbreaker", contando com algumas participações especiais, incluindo Teddy do 1TYM, Taeyang, S-Kush e CL e Dara do 2NE1. Inicialmente agendado para ser lançado em abril, o álbum foi adiado para agosto para coincidir com seu 21º aniversário (22º na Coreia). O álbum marcou uma mudança na aparência de G-Dragon, que usou um cabelo loiro platinado para se adequar ao conceito. Impulsionado pelo single principal de mesmo nome, uma canção pop-eletrônica, o álbum vendeu mais de 200.000 cópias e ganhou o prêmio de "Álbum do Ano" no Mnet Asian Music Awards de 2009.Um pouco depois do lançamento de "Heartbreaker", G-Dragon foi acusado de plágio pela Sony Music, com as faixas "Heartbreaker" e "Butterfly" que foram acusadas de serem similares a "Right Round" de Flo Rida e "She’s Electric" do Oasis, respectivamente. Em novembro de 2010, a YG Entertainment anunciou que G-Dragon e seu companheiro de grupo T.O.P lançariam um álbum juntos,em um sub-grupo de nome GD&TOP. Antes do lançamento do álbum, G-Dragon e T.O.P realizaram uma apresentação mundial para o álbum, na Times Square em Yeongdeungpo de Seul,que também foi transmitida ao vivo no YouTube.
Enfim Galera...G-Dragon em uma colaboração com Park Myeong-su, criaram um dueto chamado GG para o programa "Infinite Challenge" Seohae Ahn Highway Song Festival 2011. Eles lançaram sua canção Fired Up com Park Bom do 2NE1 em 2 de junho de 2011. Em 5 de outubro de 2011, foi relatado que G-Dragon foi testado com resultado positivo para maconha. Seu teste foi positivo para o teste feito a partir do conteúdo de seu cabelo. Os testes foram realizados no início de junho e os resultados voltaram em agosto. Como foi um primeiro delito com uma quantidade pequena, resultou em uma acusação e ele não foi penalizado. Ele teria aceitado um cigarro oferecido de um fã no Japão durante uma festa em maio. Ele foi o único da festa que mais tarde foi avisado às autoridades coreanas. Ele confessou que fumou o cigarro que lhe foi oferecido, mas depois de perceber que não era um cigarro normal,jogou fora. O escândalo provocou a suspensão de suas promoções e a YG Entertainment divulgou um comunicado que estava sendo dado um tempo para que refletisse sobre o seu erro. Mais tarde fez sua primeira aparição pública no MTV Europe Music Awards de 2011 com o BIGBANG, que venceu a categoria de "Best Worldwide Act".Vlw Galera Ate.

Postagens populares

Postagens populares