quinta-feira, 28 de julho de 2016

O EFEITO KAAMOS NA NOITE POLAR

 
Fala Galera...A Noite Polar é um Fenômeno em que a Noite dura mais de 24 horas, o fenômeno ocorre nas regiões polares, na zona de círculos polares. O fenômeno oposto, é quando o Sol permanece acima do horizonte por um longo tempo é chamado de Sol da meia-noite. As regiões povoadas que convivem com este fenômeno estão todas no hemisfério norte: Estados Unidos (Alasca), Canadá, Groenlândia, Noruega, Suécia, Finlândia, Rússia e o extremo norte de Islândia. Além do aumento do frio o período da noite polar pode causar depressão clínica em algumas pessoas. Existem diversos tipos de noite polares. Isto é por causa da noite polar ser o período durante o qual nenhum crepúsculo ocorre, originando as seguintes definições. Noite polar civil: A noite polar civil é o período durante o qual o centro do Sol está entre 0 e 6 graus abaixo da linha de horizonte. Por causa da refracção ainda existe suficiente luz para as atividades humanas normais ao ar livre. Noite polar náutica: A noite polar náutica é o período durante o qual apenas uma ténue luz é visível ao meio-dia, ocorrendo quando o Sol está entre 6 e 12 graus abaixo do horizonte. Por causa da refracção há claramente um lugar do horizonte mais luminoso que os outros. Noite polar astronômica: A noite polar astronómica é o período durante o qual nenhum raio de luz é visível, ocorrendo quando o Sol está entre 12 e 18 graus abaixo do horizonte. Kaamos é uma palavra finlandesa que significa “transtorno afetivo sazonal”. Os pesquisadores dizem que a depressão de Kaamos atinge também outros países como a Inglaterra e Europa central. Mas a Finlândia é um dos países que mais sofre deste mal, explicando o motivo, do alto índice de alcoolismo principalmente entre os jovens. Os sintomas geralmente incluem transtornos de humor e depressivos, irritabilidade, sonolência ou muita preguiça e cansaço anormal,  a concentração diminui e há um desejo maior de ingerir alimentos ricos em açúcar e carboidrato e consequentemente, ganho de peso. Há teorias de que o transtorno tenha relação com a luz solar: menos sol, menos alegria. Por isso é comum, as casas e telhados serem coloridos nos países nórdicos.
 
A Finlândia é o país com maior índice de suicídios no mundo. A falta de luz pode causar distúrbios neurológicos e físicos. Os finlandeses enfrentam todos os anos um longo período de escuridão entre meados de novembro até a metade de janeiro. As cidades no sul tem por volta de 6h de claridade. Já as cidades do norte do país têm por volta apenas 1 hora de luz. Amanhece às 9:30 e lá pelas 15:30 já está tudo escuro. O sol raramente é visto nestes meses e as pessoas começam a perder as forças físicas, sentindo-se cansadas e desanimadas e um processo de depressão chamado de Efeito Kaamos,chegando a consequências desastrosas como o suicídio. O temido efeito Kaamos. Em português é conhecido como a “Noite Polar”. Vários depoimentos de moradores locais contam. Que Quando acaba a agitação do Natal e Ano Novo o que resta é o frio e a escuridão. Quase um por cento dos finlandeses sofrem de depressão profunda ou depressão de Kaamos. Nesses meses de escuridão. É difícil acordar cedo, ter ânimo para fazer as coisas de sempre, e manter a atenção e o foco, pois a sensação de cansaço é muito forte. Todos os anos os finlandeses e o governo debatem muito como tratar estes sintomas e evitar que quadros mais graves de depressão apareçam neste período e evoluam para doenças psicológicas e físicas.  O sol não aparece mais, os dias são todos nublados e a única coisa que pode-se ver é uma luz difusa que nos confirma que tecnicamente, ainda é dia. Quem sai para trabalhar pela manhã e volta a tarde não vê a luz do sol a semana toda. A depressão de Kaamos é muito mais séria do que a depressão comum porque ela mexe com o organismo, na medida que o seu relógio biológico fica afetado pela longa escuridão.
 
= A Blogueira Brasileira Evelyse Eerolam,que é educadora, e mora na área da grande Helsinki Na Finlândia. Confirma que: É difícil ficar feliz quando o tempo é triste! Para isto muitas alternativas nos ajudam a suportar a escuridão: aumentar a dose de vitamina D, exercícios físicos, uso de uma lâmpada terapêutica de luz brilhante  e uma espécie de fone de ouvido que envia a mensagem de luz diretamente para o cérebro, procurando dar a sensação de equilíbrio que o organismo perdeu com a falta de luz e, consequentemente, agindo automaticamente fazendo com que o cérebro aumente as doses de dopamina que encontram-se baixas. O corpo não reage normalmente e a mensagem é para diminuirmos nosso rítmo e descansarmos mais. Significaria que deverímos entrar em uma espécie de hibernagem, como os ursos. A questão é que em nossa sociedade moderna, a vida continua do mesmo jeito corrida com ou sem luz e na medida que somos forçados a forçar o nosso organismo a continuar no mesmo ritmo, sofremos as consequências. Distúrbios de sono e alimentação são sintomas do efeito. Devo dizer sem medo que todos os brasileiros que moram aqui, ou quem sabe posso ir mais além e dizer nos países nórdicos, sofrem ou já sofreram de depressão. Eu já tive os meus momentos e uma das coisas que preciso fazer é tomar mais vitaminas, principalmente a vitamina D logo que a luz começa a diminuir.
 
Enfim Galera...Isso Me faz pensar que a Cronobiologia que é o estudo do sono,ainda tem muito o que avançar nos modernos dias de hoje. Mas uma coisa, que podemos aprender com o cruel Efeito Kaamos,é que um Dia mais cedo ou mais tarde,o Sol volta a brilhar,pois nenhuma Escuridão é Pra Sempre,Vlw Galera Ate.

terça-feira, 26 de julho de 2016

O MISTÉRIO DAS MÁSCARAS DE CHUMBO

Fala Galera...Um jovem chamado Jorge da Costa Alves, na época com 18 anos, empinava pipa no Morro do Vintém, em Niterói, Rio de Janeiro, quando encontrou os corpos de dois homens. Eles trajavam ternos e capas impermeáveis. Não havia sinais de violência nos corpos ou na área próxima. Perto dos corpos, a polícia encontrou uma garrafa de água vazia e um pacote com duas toalhas. O que realmente chamou a atenção das pessoas foi às máscaras de chumbo usadas pelos dois homens. Eram máscaras usadas tipicamente para proteção contra radiação, daí o nome do incidente. Para complicar as coisas ainda mais, a polícia achou um bloco de anotações com símbolos e números,notadamente códigos de referência para válvulas eletrônicas e também uma carta em que estava escrito: "16:30 estar no local determinado. 18:30 ingerir cápsulas, após efeito proteger metais aguardar sinal máscara".
Mistério das máscaras de chumbo ou "Caso das máscaras de chumbo" é o nome dado aos acontecimentos que levaram à morte de dois técnicos em eletrônica brasileiros: Manoel Pereira da Cruz e Miguel José Viana. Seus corpos foram encontrados a 20 de agosto de 1966. Durante o inquérito, os investigadores de polícia reconstituíram uma narrativa plausível dos últimos dias dos dois homens. Em 17 de agosto daquele ano, eles partiram da cidade onde residiam, Campos dos Goytacazes, no interior do estado do Rio de Janeiro, próximo da divisa com o estado do Espírito Santo, tendo dito às respectivas esposas que iam a São Paulo comprar material de trabalho e também um automóvel. Tomaram um ônibus e chegaram a Niterói às 14h30min. Compraram capas impermeáveis numa lojinha e uma garrafa de água num bar. A garçonete que os atendeu no bar disse que Miguel parecia muito nervoso e olhava para o relógio de pulso constantemente. Do bar, seguiram direto para o local em que foram encontrados mortos depois de muito tempo. Uma testemunha afirma que os homens chegaram ao local da morte em um jipe, acompanhados por outros dois homens, que nunca mais foram encontrados. Gracinda Barbosa Cortino de Souza e seus filhos, que viviam próximos ao morro onde foram encontrados, contataram a polícia local, alegando terem visto o que descreveram como um OVNI pairando sobre o morro, no momento exato em que os investigadores acreditavam que os dois homens morreram.
Enfim Galera...Nenhum ferimento aparente foi encontrado na autópsia, contudo, uma investigação de substâncias tóxicas nos órgãos internos foi impossível pois os mesmos já estavam em grau avançado de decomposição. Foi levantada a hipótese que os homens podem ter sido mortos por eletrocussão devido a um raio, pois nesse dia chovia e trovejava torrencialmente no local. Qualquer sinal causado pelo raio nunca poderia ter sido encontrado, pois os homens foram encontrados em estado avançado de putrefação, tendo a erosão destruída detalhes que poderiam dar mais pistas. Vlw Galera Ate.
= Fotos De Manoel Pereira da Cruz e Miguel José Viana:

Postagens populares

Postagens populares